quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

amor total

eu não me vejo sem você. não consigo. não quero. não posso. e, sendo assim, vivo com medo de te perder. não um medo real, porque sei que a chance disso acontecer é - graças ao cosmos - mínima. mas existe sim uma apreensão, já que eu também sei como o meu mundo se desequilibraria caso algo desse tão errado assim. 
pode soar clichê, sinceramente não me incomodo com isso. mas não canso de dizer, pra você e pros outros, que eu me tornei sim uma pessoa melhor por sua causa. 
como não ser loucamente apaixonada por um cara que transformou quase tudo de ruim que existia dentro de você em um montão de sentimentos bons que deixam sua vida muito mais gostosa de ser vivida? como não sentir uma vontade arrasadora de casar com um cara que tem uma facilidade impressionante de te fazer chorar (muito mesmo), perder o ar e passar mal de dor de tanto rir? como não sentir medo de perder um cara que se instalou no canto mais bonito do seu coração a partir do instante em que ele entrou na sua vida?

a cada palavra bonita, a cada gesto de carinho, a cada toque, a cada beijo. eu só te amo mais e mais e mais... e eu espero que continue assim por todas as nossas próximas vidas, porque uma coisa tão bonita merece ser revivida por toda a eternidade!



E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.
(Vinicius de Moraes - Soneto do Amor Total)

Um comentário:

  1. voce é maravilhosa moça, sou seu fan e adoro seu blog. Beijos

    ResponderExcluir