quarta-feira, 19 de agosto de 2015

se eu fosse uma esportista...

"5 esportes que eu praticaria: os Jogos Panamericanos vieram e passaram, as Olimpíadas estão pra chegar por aqui com calção de turista com flores e o que nós queremos saber é QUAIS os esportes que você praticaria se fosse um grande esportista da nossa queridíssima delegação brasileira."

eu não pratico esportes. sempre fiz o que pude pra evitar as aulas de educação física. eu era aquela que fugia da bola (e todos nos time tinham plena consciência disso) e ficava parada na quadra sempre que possível, entediada, só observando os colegas ficarem suados e cansados. 

video
fui contemplada por esse menininho.

apesar de não ser nada esportista, eu gosto de assistir os jogos. menos futebol, porque é um saco. mas acompanho o vôlei pela tv sempre que é possível, por exemplo. então época de olimpíada, de pan e de jogos de inverno, pra mim, é sinônimo de amorzinho. pra facilitar minha vida, eu sou dessas que não decora (e não entende) as regras dos jogos, então nem me dou muito ao trabalho de entrar mesmo no mundo dos esportes. aliás, eu mal sei quais são as modalidades em cada campeonato... sendo assim, escolhi cinco esportes que me agradam independente de eles fazerem ou não parte de alguma dessas competições oficiais:

1. NATAÇÃO
acho que é o esporte que eu mais gosto. pelo menos foi o único tipo de exercício físico que já me deu prazer nessa vida. toda criança pequena entra na natação, né? eu entrei e saí diversas vezes (sou dessas, acostumem-se), mas fui muito feliz em todas. até quando desisti de vez, não fiz isso por não gostar mais de nadar. simplesmente perdi a vontade e pronto, cabô. mas ainda cogito voltar a nadar algum dia nessa vida. talvez eu já não esteja mais na época de me descobrir como um grande nome do esporte, mas VAI QUE??? :D



2. GINÁSTICA OLÍMPICA

eu tenho 0 aptidão pra esse tipo de coisa. pra começar, tenho pavor só de pensar em ficar dando pulos no ar correndo risco de cair e quebrar o pescoço. já pensou? mas, paranoias à parte, acho lindo! é incrível ver os saltos, a técnica, a delicadeza e a força andando lado a lado a cada passo dos ginastas. eu mal consigo dar uma estrelinha (sad but true), eu jamais teria a disciplina necessária pra ser uma atleta que participa de competições, mas sonhar não custa nada! :)



3. CURLING
gente, como um esporte dos jogos de inverno que depende de pedras e vassourinhas e uma pista de gelo e se joga em equipe pode ser tão underrated??? curling é maravilhoso! hahaha é tipo um jogo de bocha porém mais tecnológico, sei lá, é até difícil de explicar hahaha mas juro que acho emocionante de assistir. aliás, assisto com meu pai quando passa na tv e a gente se empolga toda vez. o negócio depende de muita concentração e da precisão dos atletas, dá pra sentir de longe a tensão de todo mundo a cada jogada, é incrível hahah deve ser meu esporte preferido dos jogos de inverno (por mais que os outros todos também sejam muito legais).  



4. QUEIMADA
tá aí a única coisa que eu fazia com gosto nas aulas de educação física: jogar queimada! era a melhor coisa. a gente jogava como se nossa vida dependesse daquilo, até euzinha me sentia impelida a levar o jogo a sério. incrivelmente, eu era boa na queimada. talvez porque eu ~treinasse, já que jogava com os amigos do prédio também. mas acho que era só porque eu conseguia fugir da bola e sempre ficava até o final das partidas, aí dava a impressão de que eu mandava bem. eu ainda morria de pavor de levar uma bolada na cara (já levei, não recomendo), então o coração batia loucamente de ansiedade - e de ficar correndo pra lá e pra cá, claro -, mas no fim das contas a sensação era ótima <3



5. RUGBY
antes de mais nada: HAHAHAHAHAH imagina eu jogando esse negócio que absurdo hahahaha mas enfim, vamos lá. eu nem sei a diferença entre rugby e futebol americano. eu não faço ideia das regras de nenhum dos dois (por mais que já tenham me explicado um total de dezenove vezes). eu tenho pavor só de pensar em ser atacada por um grupo de jogadoras adversárias. eu fico roxa com uma facilidade assustadora, então no final de cada jogo eu estaria mais acabada que os lutadores de mma. e por aí vai. mas existe um time de rugby feminino na minha faculdade e por alguns segundos eu cogitei seriamente fazer parte dele. também desisti da ideia em poucos segundos, mas achei justo colocar aqui na lista. 



eu acho que já deu pra perceber, mas não custa deixar claro: não curto sofrimento. a endorfina liberada após os exercícios físicos não é o suficiente pra me convencer a continuar com eles (ou talvez eu não faça exercício suficiente pra perceber a parte boa, vai saber). e é por essas e outras que o seguinte lema deboísta me representa:



tema sugerido pro mês de agosto pelo Rotaroots :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário